terça-feira, 19 de maio de 2015

AGORA É LEI: Cavalgada à Pedra do Reino é incluída no Calendário Oficial de Eventos do Governo do Estado de Pernambuco

Projeto de Lei de autoria do deputado Rogério Leão (PR) é aprovado pela Assembléia Legislativa de Pernambuco e sancionado pelo Governador Paulo Câmara. 

O Projeto de Lei do Deputado Rogério Leão (PR) que propunha incluir no Calendário Oficial de Eventos “O dia da Cavalgada da Pedra do Reino” foi sancionado pelo Governador do Estado.

De acordo com Lei 15.502, de 14 de Maio de 2015, a Cavalgada da Pedra do Reino será realizada, anualmente, no último domingo do mês de maio, em São José do Belmonte.

A primeira edição do evento foi realizada em 1993 e, desde então, tornou-se um dos eventos mais simbólicos de manifestação cultural do Estado chegando a reunir cerca de 450 cavaleiros e amazonas que percorrem um trajeto de 27km.

A Pedra do Reino é formada por duas grandes rochas (uma com 30 e outra com 33 metros de altura), na Serra do Catolé, Município de São José do Belmonte (a 479 km do Recife, pelas BR-232/PE-430). Este endereço é o destino final da cavalgada que acontece todos os anos e relembra o movimento sebastianista liderado por João Antônio dos Santos, em 1838. No local, o auto proclamado Rei João Antônio formou uma comunidade de fiéis seguidores, prometendo um reino de justiça, liberdade e prosperidade, no qual os pobres ficariam ricos e até os pretos renasceriam brancos. Em 1971, o escritor Ariano Suassuna publicou o livro “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”, resgatando e dando notoriedade ao episódio. O Memorial da Pedra do Reino, situado à Praça Pires Ribeiro, 34, no Centro de São José do Belmonte, expõe quadros, livros, documentos e fotos que se relacionam com o movimento e toda história de fé, fanatismo, tragédia e festa ocorridos no local.  

 

 

Por Elson Jackson do Blog BelmonteDIÁRIO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário